Política de privacidade

 

Política de Privacidade Candor

 

Com a presente política de privacidade e proteção de dados, a Candor Renting de Equipamentos, S.A., pessoa coletivo número 513626930, com sede em Rua Mar da China, nº 1, Escritório 2.2, 1990 – 137 Parque das Nações, Lisboa (de ora em diante, “Candor”), visa informar o Utilizador/Cliente das políticas e procedimentos da Candor no que concerne à forma de recolha, utilização, tratamento e divulgação de quaisquer dados pessoais transmitidos directamente pelos seus utilizadores ou através de terceiros, através da utilização do website da Candor – www.candor.pt. A Candor respeita a privacidade dos seus utilizadores/clientes, estando empenhada em proteger as informações que recolhe a partir dos mesmos, bem como em cumprir com as normas legais em vigor definidas pelo Regulamento Geral de Proteção de Dados. 

 

O acesso e utilização do website, bem como a subscrição dos serviços e produtos que este disponibiliza implicam a concordância, aceitação e vinculação dos utilizadores à presente política de privacidade e proteção de dados. 

 

 

1. Licitude do tratamento, finalidade e fundamento jurídico  

  1.1. Para os efeitos da presente política de privacidade e proteção de dados, deverá entender-se por dados pessoais a informação relativa a uma pessoa singular identificada ou identificável, sendo identificável a pessoa singular que possa ser identificada, direta ou indiretamente, em especial por referência a um identificador como, por exemplo, um nome, um número de identificação, dados de localização, identificadores por via eletrónica ou a um ou mais elementos específicos da identidade física, fisiológica, genética, mental, económica, cultural ou social dessa pessoa singular. 

 

  1.2. A Candor assume perante os seus utilizadores/clientes que os seus dados pessoais serão objeto de um tratamento lícito, leal e transparente, sendo os mesmos recolhidos para finalidades determinadas, explícitas e legítimas, ao abrigo do disposto no artigo 6.º, n.º 1, al. a) e b) do Regulamento Geral de Proteção de dados, uma vez que são necessários não só para a celebração e execução dos contratos com a Candor, bem como para a eventual necessidade de proteção dos interesses do titular dos dados pessoais nos termos e para os efeitos do artigo 6.º, n.º 1, al. d) do Regulamento Geral de Proteção de Dados.

 

2. Consentimento

  2.1. Ao enviarem os seus dados pessoais através do website, os utilizadores expressamente declaram concordar e aceitar com os termos da presente política de privacidade e proteção de dados no que concerne aos seus dados pessoais, nomeadamente quanto à recolha, utilização, tratamento e transmissão dos mesmos. 

 

  2.2. A transmissão de quaisquer dados pessoais é facultativa, embora por vezes necessária para permitir determinadas funcionalidades do website, nomeadamente o envio de propostas de contrato, ou mesmo para responder a eventuais questões que o Utilizador/Cliente possa pretender esclarecer.

 

  2.3. A transmissão de quaisquer dados pessoais é facultativa, embora por vezes necessária para permitir determinadas funcionalidades do website, nomeadamente o envio de propostas de contrato, ou mesmo para responder a eventuais questões que o Utilizador/Cliente possa pretender esclarecer.

 

3. Tipo de dados pessoais recolhidos 

A Candor recolhe as seguintes informações:

  a. Informações de contacto, como nome, nome da empresa, endereço de e-mail, endereço de correspondência e número de telefone e número de contribuinte;

  b. Dados de identificação exclusivos, tais como, nome de utilizador e senha, endereço IP; e 

  c. Informações comerciais, incluindo dimensão da empresa e tipo de negócio.

A Candor para além de recolher informações através do seu website e aplicação móvel, também poderá realizar uma visita às instalações do Utilizador/Cliente com o objetivo de recolher informações, bem como, obter informações e dados externos usados ​​pelas locadoras tendo em vista o processamento de pedidos e a conclusão e geração de transações, como por exemplo, através de agências de relatórios de crédito e outros fornecedores ou através de redes sociais. Assim que se torne um cliente da Candor, poderemos entrar em contato consigo, ou por qualquer outra forma obter informações sempre que decida que lhe seja apresentada uma proposta de contrato ou renovar o contrato já existente ou noutras circunstâncias em que se justifique tal recolha de informações.

 

4. Recolha, utilização, e destinatários dos dados pessoais

  4.1. Ao aceder ao site, nomeadamente ao pretender que lhe seja apresentada uma proposta de contrato ou quando seja prestada fiança, poderão ser solicitados ao Utilizador/Cliente determinados dados pessoais, necessários a essa mesma finalidade. 

  4.2. Assim, nos termos da presente política de privacidade e proteção de dados, o Utilizador/Cliente concorda e consente que: 

    a. Todos os dados pessoais por si facultados sejam integrados na base de dados propriedade da Candor; 

    b. A Candor transmita os dados referidos a sociedades do mesmo grupo, ou que sejam em parte participadas pela mesma entidade, sempre no estrito cumprimento dos limites legalmente estabelecidos; 

    c. A Candor disponibilizará aos seus Parceiros/Fornecedores os dados pessoais do Utilizador/Cliente necessários à celebração e execução do contrato de compra e venda de equipamento entre a Candor e o Parceiro/Fornecedor, por forma a que o Utilizador/Cliente possa ter acesso aos serviços e produtos que pretende contratar; 

    d. Os dados pessoais transmitidos sejam utilizados para efeitos de marketing (direto ou não) ou para quaisquer outras iniciativas cuja finalidade seja a divulgação, promoção ou comercialização da venda de produtos e serviços, através de correio eletrónico ou SMS. Caso o Utilizador/Cliente não consinta que os seus dados pessoais sejam utilizados para os fins mencionados, poderão efetuar o seu cancelamento a qualquer momento, mediante comunicação à Candor através de correio eletrónico; 

    e. Os dados poderão ainda ser utilizados por motivos internos, como auditorias, análise de dados e investigação que visem o melhoramento dos serviços e produtos comercializados pela Candor;

    f. A Candor trate informaticamente todos os dados pessoais facultados pelo Utilizador/Cliente; 

    g. A utilização do website, o envio de dados pessoais à Candor ou a subscrição de serviços ou produtos disponibilizados pela Candor implicam a aceitação do Utilizador/Cliente dos termos da presente política de privacidade e proteção de dados pessoais tal como descritos.

 

5. Responsável pelo tratamento

Cabe à Candor, enquanto responsável pelo tratamento dos dados pessoais dos seus Utilizadores/Clientes, determinar as finalidades e os meios de tratamento dos dados pessoais. Qualquer dúvida ou questão em relação ao tratamento dos dados, poderá contactar diretamente a Candor através de info@candor.pt.

 

6. Segurança/proteção dos dados pessoais 

A Candor respeita a segurança e a proteção dos dados pessoais dos seus Utilizadores/Clientes. Os dados utilizados através da plataforma informática são enviados com segurança através do processo de criptografia de 128 bits pelo protocolo TLS (“Transport Layer Security”), através do qual se cria uma conexão criptografada entre o seu Browser e os nossos servidores. Assim, a transmissão de informações pessoais confidenciais inseridas pelo Utilizador/Cliente nos formulários da Candor é criptografada.

 

7. Direito de acesso do titular dos dados pessoais

  7.1. O titular dos dados tem, mediante solicitação expressa, o direito de obter do responsável pelo tratamento a confirmação de que os dados pessoais que lhe digam respeito são ou não objeto de tratamento e, se for esse o caso, o direito de aceder aos seus dados pessoais e às seguintes informações:

    a) As finalidades do tratamento dos dados;

    b) As categorias dos dados pessoais em questão;

    c) Os destinatários ou categorias de destinatários a quem os dados pessoais foram ou serão divulgados, nomeadamente os destinatários estabelecidos em países terceiros ou pertencentes a organizações internacionais;

    d) Se for possível, o prazo previsto de conservação dos dados pessoais, ou, se não for possível, os critérios usados para fixar esse prazo;

    e) A existência do direito de solicitar ao responsável pelo tratamento a retificação, o apagamento ou a limitação do tratamento dos dados pessoais no que diz respeito ao titular dos dados, ou do direito de se opor a esse tratamento;

    f) O direito de apresentar reclamação a uma autoridade de controlo;

    g) Se os dados não tiverem sido recolhidos junto do titular, as informações disponíveis sobre a origem desses dados;  

    h) A existência de decisões automatizadas, incluindo a definição de perfis e, pelo menos nesses casos, informações úteis relativas à lógica subjacente, bem como a importância e as consequências previstas de tal tratamento para o titular dos dados.

 

  7.2. Quando os dados pessoais forem transferidos para um país terceiro ou uma organização internacional, o titular dos dados tem o direito de ser informado das garantias adequadas.

 

  7.3. Quando exista solicitação por parte do Utilizador/Cliente, o responsável pelo tratamento fornece uma cópia dos dados pessoais em fase de tratamento. Para fornecer outras cópias solicitadas pelo titular dos dados, o responsável pelo tratamento pode exigir o pagamento de uma taxa razoável tendo em conta os custos administrativos, que no caso da Candor será de € 125,00 (cento e vinte cinco Euros).

 

  7.4. Se o titular dos dados apresentar o pedido por meios eletrónicos, e salvo pedido em contrário do titular dos dados, a informação é fornecida num formato eletrónico de uso corrente.

 

8. Retificação e apagamento

  8.1. O titular dos dados tem o direito de obter, sem demora injustificada, do responsável pelo tratamento a retificação dos dados pessoais inexatos que lhe digam respeito. Tendo em conta as finalidades do tratamento, o titular dos dados tem direito a que os seus dados pessoais incompletos sejam completados, incluindo por meio de uma declaração adicional.

 

  8.2. O titular dos dados tem ainda o direito de obter do responsável pelo tratamento o apagamento dos seus dados pessoais, sem demora injustificada, e este tem a obrigação de apagar os dados pessoais, sem demora injustificada, quando se aplique um dos seguintes motivos:

    a) Os dados pessoais deixaram de ser necessários para a finalidade que motivou a sua recolha ou tratamento;

    b) Nos casos em que a licitude do tratamento se baseia no consentimento, o titular o retirar, e não existir outro fundamento jurídico para o referido tratamento;

    c) O titular opõe-se ao tratamento nos termos legais, não existindo interesses legítimos prevalecentes que justifiquem o tratamento;

    d) Os dados pessoais foram tratados ilicitamente;

    e) Os dados pessoais têm de ser apagados para o cumprimento de uma obrigação jurídica decorrente do direito da União ou de um Estado-Membro a que o responsável pelo tratamento esteja sujeito;

    f) Os dados pessoais foram recolhidos no contexto da oferta de serviços da sociedade da informação às crianças.  

 

  8.3. Quando o responsável pelo tratamento tiver tornado públicos os dados pessoais e for obrigado a apagá-los nos termos supra descritos, tomará as medidas que forem razoáveis, incluindo de caráter técnico, tendo em consideração a tecnologia disponível e os custos da sua aplicação, para informar os responsáveis pelo tratamento efetivo dos dados pessoais de que o titular dos dados lhes solicitou o apagamento das ligações para esses dados pessoais, bem como das cópias ou reproduções dos mesmos. 

 

  8.4. Todo o disposto nesta Política de Privacidade e de Proteção de Dados não se aplicará na medida em que o tratamento se revele necessário:

    a) Ao exercício da liberdade de expressão e de informação;

    b) Ao cumprimento de uma obrigação legal que exija o tratamento prevista pelo direito da União ou de um Estado-Membro a que o responsável esteja sujeito, ao exercício de funções de interesse público ou ao exercício da autoridade pública de que esteja investido o responsável pelo tratamento;

    c) Por motivos de interesse público no domínio da saúde pública, nos termos legais;

    d) Para fins de arquivo de interesse público, para fins de investigação científica ou histórica ou para fins estatísticos, nos termos legais, na medida em que o direito referido seja suscetível de tornar impossível ou prejudicar gravemente a obtenção dos objetivos desse tratamento; ou

    e) Para efeitos de declaração, exercício ou defesa de um direito num processo judicial.

 

  8.5. O responsável pelo tratamento comunica a cada destinatário a quem os dados pessoais tenham sido transmitidos qualquer retificação ou apagamento dos dados pessoais ou limitação do tratamento a que se tenha procedido, salvo se tal comunicação se revelar impossível ou implicar um esforço desproporcionado. Se o titular dos dados o solicitar, o responsável pelo tratamento fornece-lhe informações sobre os referidos destinatários.

 

9. Direito à limitação do tratamento

  9.1. O titular dos dados tem o direito de obter do responsável pelo tratamento a limitação do tratamento, se se aplicar uma das seguintes situações:

    a) Contestar a exatidão dos dados pessoais, durante um período que permita ao responsável pelo tratamento verificar a sua exatidão;

    b) O tratamento for ilícito e o titular dos dados se opuser ao apagamento dos dados pessoais e solicitar, em contrapartida, a limitação da sua utilização;

    c) O responsável pelo tratamento já não precisar dos dados pessoais para fins de tratamento, mas esses dados sejam requeridos pelo titular para efeitos de declaração, exercício ou defesa de um direito num processo judicial;

    d) Se tiver oposto ao tratamento nos termos legais, até se verificar que os motivos legítimos do responsável pelo tratamento prevalecem sobre os do titular dos dados.

 

  9.2. Quando o tratamento tiver sido limitado nos termos descritos, os dados pessoais só podem, à exceção da conservação, ser objeto de tratamento com o consentimento do titular, ou para efeitos de declaração, exercício ou defesa de um direito num processo judicial, de defesa dos direitos de outra pessoa singular ou coletiva, ou por motivos ponderosos de interesse público da União ou de um Estado-Membro.

 

  9.3. O titular que tiver obtido a limitação do tratamento nos termos supra referidos é informado pelo responsável pelo tratamento antes de ser anulada a limitação ao referido tratamento.

 

10. Direito de portabilidade dos dados pessoais 

  10.1. O titular dos dados tem o direito de receber os dados pessoais que lhe digam respeito e que tenha fornecido a um responsável pelo tratamento, num formato estruturado, de uso corrente e de leitura automática, e o direito de transmitir esses dados a outro responsável pelo tratamento sem que o responsável a quem os dados pessoais foram fornecidos o possa impedir, se: a) O tratamento se basear no consentimento dado, ou num contrato; e b) O tratamento for realizado por meios automatizados.

 

  10.2. Ao exercer o seu direito de portabilidade dos dados nos termos mencionados, o titular dos dados tem o direito a que os dados pessoais sejam transmitidos diretamente entre os responsáveis pelo tratamento, sempre que tal seja tecnicamente possível.

 

  10.3. O exercício do direito à portabilidade dos dados aplica-se sem prejuízo do direito ao apagamento dos dados (“direito a ser esquecido”).

 

  10.4. Esse direito não se aplica ao tratamento necessário para o exercício de funções de interesse público ou ao exercício da autoridade pública de que está investido o responsável pelo tratamento.

 

  10.5. O direito à portabilidade dos dados não prejudica os direitos e as liberdades de terceiros.

 

11. Direito de oposição

  11.1. O titular dos dados tem o direito de se opor a qualquer momento, por motivos relacionados com a sua situação particular, ao tratamento dos dados pessoais que lhe digam respeito e cuja base legal para o mesmo seja o consentimento prestado, incluindo a definição de perfis com base nessas disposições. 

 

  11.2. O responsável pelo tratamento cessa o tratamento dos dados pessoais, a não ser que apresente razões imperiosas e legítimas para esse tratamento que prevaleçam sobre os interesses, direitos e liberdades do titular dos dados, ou para efeitos de declaração, exercício ou defesa de um direito num processo judicial. 

 

  11.3. Quando os dados pessoais forem tratados para efeitos de comercialização direta, o titular dos dados tem o direito de se opor a qualquer momento ao tratamento dos dados pessoais que lhe digam respeito para os efeitos da referida comercialização, o que abrange a definição de perfis na medida em que esteja relacionada com a comercialização direta.

 

  11.4. Caso o titular dos dados se oponha ao tratamento para efeitos de comercialização direta, os dados pessoais deixam de ser tratados para esse fim.

 

12. Alterações à política de privacidade e proteção de dados

  12.1. A Candor reserva o direito de alterar a presente política de privacidade e proteção de dados, de acordo eventuais alterações tecnológicas, legais, ou necessidades dos seus Utilizadores/Clientes. No caso de existir qualquer alteração à presente política de privacidade e proteção de dados, a Candor comunicará a mesma aos seus utilizadores/clientes através da sua publicação no website da Candor e/ou através de notificação por email, caso as referidas alterações consubstanciem modificações significativas e relevantes, com impacto nos interesses dos utilizadores/clientes da Candor.

  Qualquer questão a propósito da presente política de privacidade e proteção de dados poderá ser remetida à Candor através de uma das seguintes vias de contacto: 

 

  Morada: Av. D. João II, 50, 4º Andar. 1990-095 Parque das Nações, Lisboa, Portugal 

  Email: info@candor.pt

  Contacto telefónico: (+351) 218 961 160

 

13. Prazo de conservação dos dados pessoais 

Os dados pessoais serão guardados apenas pelo período de tempo estritamente necessário para as finalidades para as quais foram tratados, e melhor descritas na presente política de privacidade e proteção de dados. Uma vez que, neste caso, a transmissão dos dados pessoais assenta numa base contratual, o prazo de conservação de referência corresponderá ao prazo de prescrição das obrigações contratuais. Não obstante, os dados poderão ser retidos por um período de tempo mais longo, caso seja necessário ou permitido por lei.

 

14. Legislação aplicável 

A presente política de privacidade e proteção de dados obedece integralmente ao disposto na Lei de Proteção de Dados Lei n.º 67/98, de 26 de outubro, e posteriores alterações, bem como, o Regulamento Geral de Proteção de Dados – Regulamento (UE) 2016/679 do Parlamento Europeu e do Conselho de 27 de abril de 2016, e deverá ser interpretada e integrada e preenchidas integradas quaisquer lacunas nos termos do disposto nos referidos diplomas.  

 

15. Links para sites de terceiros

O site da Candor inclui links para sites de terceiros cujas práticas de privacidade poderão ser diferentes das praticadas pela Candor. Se enviar informações pessoais para qualquer um desses sites, as suas informações serão regidas pelas políticas de privacidade deles. Recomendamos a leitura atenta da política de privacidade de qualquer site que visite.

 

16. Blog / Fórum

O website da Candor permite o acesso a blogs publicamente acessíveis ou fóruns de comunidade. Qualquer informação que fornecida nestas plataformas poderá ser lida, recolhida e usada por quaisquer pessoas que às mesmas tenha acesso. Para solicitar a remoção das suas informações pessoais do nosso blog ou fórum da comunidade, o Utilizador/Cliente deverá entrar em contacto connosco por e-mail para o endereço info@candor.pt . Em alguns casos, poderá não ser possível remover as suas Informações Pessoais por motivos alheios à Candor, casos em que informaremos se não formos capazes e o motivo.

 

17. Monitorização de Dados

O website da Candor utiliza cookies ou tecnologia similar tendo em vista melhorar a experiência do Utilizador/Cliente. Esta tecnologia poderá, ainda, ser utilizada para analisar tendências de mercado, administrar o website, monitorizar os movimentos dos utilizadores dentro do website, tendo em vista melhorar a utilização do website tendo em consideração as preferências do Utilizador, e para recolha de dados demográficos relativamente aos Clientes da Candor. Os mencionados dados poderão, ainda ser cedidos a terceiros para efeitos de realização de relatórios tendo em vista entender os hábitos individuais ou de grupo dos utilizadores.

Para evitar quaisquer dúvidas, por “cookie” entende-se um ficheiro de texto que fica alojado no dispositivo do Utilizador para efeitos de conservação de registos de navegação. A Candor utiliza “cookies” para autenticação e análise de utilizadores. Os Utilizadores poderão controlar o uso de cookies através do browser do dispositivo utilizado. Caso não aceite o alojamento de cookies, poderá continuar a utilizar o Website, contudo algumas funcionalidades e a utilização do mesmo ficarão muito limitadas. Caso queira saber mais informações sobre como configurar o seu browser, visite por favor www.allaboutcookies.org.

 

18. Log Files

A Candor procederá à recolha de forma automática de informações que ficarão armazenadas em log files. Esta informação poderá incluir endereços IP (internet protocol), tipos de browser, fornecedores de serviços de internet / internet service provider (ISP), referring/exit pages, sistemas operativos, data/hora, e/ou controlo de clicks. Tendo em vista melhorar os serviços da Candor e para melhorar a análise de dados e de marketing bem como tendo em vista melhorar a funcionalidade do website, esta informação recolhida relativamente a log information poderá ser conjugada com outras informações pessoais que sejam recolhidas sobre o Utilizador/Cliente.

 

19. Behavioral Advertising/Redirecionamento

No âmbito da atividade desenvolvida pela Candor, poderão ser trocadas informações com parceiros da Candor que sejam terceiros face a estes Termos de Utilização, de modo a adequar a oferta de anúncios no website e de modo a gerir a nossa publicidade em websites de terceiros. Os nossos parceiros poderão utilizar tecnologias tais como “cookies” de modo a recolher informação relativa às atividades do Website e noutros websites de modo a oferecer-lhe publicidade baseada nas suas atividades e interesses. Caso deseje que as suas informações não sejam utilizadas para os fins de adequar a publicidade aos seus interesses, poderá fazê-lo clicando neste [link] (ou caso esteja localizado na União Europeia clique [aqui]). Por favor note, que clicando neste link não deixará de receber publicidade uma vez que continuará a receber publicidade genérica que lhe é oferecida sem ter por base os seus interesses.

 

DESCUBRA SE O RENTING É A SOLUÇÃO INDICADA PARA O SEU NEGÓCIO

Financiamento até €75.000 em minutos